Conheça algumas opções de malhas para sua camiseta personalizada

Tempo de leitura: 5 minutos

Uma parte essencial para a produção de qualquer camiseta personalizada, é a escolha do tecido ideal para cada tipo de necessidade. 

Não adianta escolher somente a estampa, para que você tenha o melhor caimento e conforto da peça no corpo, é preciso analisar o tecido ideal e quais são as suas expectativas e gastos possíveis para produzi-los. 

Separamos neste post algumas opções de malhas para que você possa escolher a melhor! Continue lendo e saiba mais.

Poliéster

Dentre os tecidos de fibra sintética, o poliéster é a malha mais famosa. As camisetas feitas em poliéster conseguem manter mais a cor, são mais resistentes, secam rápido e não há a necessidade de passar para ficarem sem dobras.

Porém, é um tipo de tecido que dificulta a eliminação do suor e, consequentemente, acaba absorvendo mais odores. E, mesmo que não haja a necessidade de passar a peça, se você resolver usar o ferro de passar roupa nela, fique atento à temperatura. O tecido pode queimar facilmente, por ser mais leve e fino.

Os tipos de tecidos que são compostos por poliéster são:

Helanca ou Cacharrel

Esta malha contém 100% de poliéster em sua composição e são ideais no processo de sublimação. É bastante usada em blocos e shows, quando há a necessidade de utilizar abadás. Além disso, sabe aquelas mangas com estampas florais ou camufladas em camisetas de outros tecidos? Também podem ser feitas com esta malha.

Dry-Fit

É a malha mais usada quando se trata de prática de esportes e em academias, uma vez que possui alta durabilidade e bom caimento. Graças a tecnologia presente na sua construção, o tecido pode afastar o suor da pele, ajudando quem a utiliza a se manter confortável e seco.

Também existem opções de tecido Dry-Fit com proteção UV, para garantir que você esteja protegido do sol enquanto pratica aquela atividade física que mais gosta com conforto e, ainda assim, funcional.

Malha PP

É composta 100% por poliéster, é macia e possui toque acetinado, se aproximando de uma malha 100% composta de algodão. As peças com este tipo de tecido são práticas, uma vez que não amassam, dificilmente encolhem ou desbotam. São ideais para uniformes, por conta da frequência de vezes que precisam ser lavados.

Essa malha também é muito usada quando há sublimação de estampas em todo o tecido, como vemos em algumas camisetas de times de futebol, por exemplo.

Entretanto, é uma malha que ventila mais no corpo, então retém menos suor na peça. E, conforme a quantidade de lavagens feitas, pode ocorrer o surgimento de bolinhas no tecido.

Algodão

As camisas de algodão podem ser classificadas como malhas de fibras naturais. Na maioria das peças, permitem a maior absorção de suor no tecido,e são mais confortáveis que outras malhas. 

As desvantagens é que as camisetas de algodão amassam com mais facilidade e são mais suscetíveis a desbotar com o passar do tempo, se não forem de qualidade.

O algodão é a fibra mais utilizada na produção de camisetas e existem diversas padronagens diferentes. As camisetas de algodão podem ser classificadas em:

Fio 24

A espessura do fio é o que vai dizer se a camiseta é de boa qualidade ou não. Os valores podem ir de 24.1 à 30.1, sendo que, quanto menor for o número, maior é a espessura do fio. Assim, a qualidade é inferior. 

Então, camisetas com algodão fio 24 tendem a ser finas e pouco duráveis. Podemos encontrar vários tipos de camisetas personalizadas com esta malha, principalmente em lojas de fast fashion, em que é preciso produzir em larga escala para que o preço seja baixo.

Fio 30 Cardado

O fio 30 tem a espessura menor que o fio 24 e, consequentemente, possuem maior qualidade. O fio 30 cardado é confortável, mas não passa pelo mesmo tratamento que o fio 30 penteado, que falaremos adiante. 

A camiseta personalizada com esta malha é bastante usada em eventos, como brindes de empresas, uniformes e outros.

Fio 30 Penteado

O Fio 30 penteado é o que possui mais qualidade entre os três tipos de malhas de algodão que falamos até aqui, porque passa por um tratamento diferenciado, através de uma penteadeira que remove todas as impurezas e as fibras mais curtas. Por isso o “penteado” no nome.

Quanto mais curtas as fibras do tecido forem, mais formação de pilling ocorre, que são as famosas bolinhas que aparecem em qualquer camisa personalizada de baixa qualidade com o passar do tempo, além de surgirem também defeitos na regularidade dos fios.

Embora as camisetas compostas por fio 30 penteado serem mais caras, ainda apresentam um ótimo custo-benefício por conta da sua durabilidade e qualidade, então fique atento.

Conclusão

Como você pôde notar ao longo do texto, a malha ideal para produzir sua camiseta personalizada dependerá das suas necessidades. 

Se o seu objetivo é ter camisetas personalizadas para eventos ou que sejam usadas em poucos dias, escolha as malhas de poliéster.

Agora, se você precisa de peças com longa durabilidade e qualidade alta, o algodão será a melhor alternativa para produzir camisetas personalizadas.

Na dúvida, procure uma estamparia que possa te mostrar o caminho ideal para fazer a melhor escolha.

E não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais conteúdos como esse.