O que uniformes personalizados dizem sobre sua empresa?

Tempo de leitura: 5 minutos

Possuir uma boa identidade visual corporativa é essencial para que a empresa seja lembrada e reconhecida no mercado. Uma das formas mais simples e funcionais de garantir uma padronização da imagem de marca, é através de uniformes personalizados.

Mas, como escolher o melhor tipo de uniforme para seus funcionários? Continue lendo e descubra!

Por que investir em uniformes personalizados?

Quando é adotado o uso de uniformes, a empresa mostra que se importa com a imagem do seu negócio, que também diz respeito ao cuidado com a padronização de vestimentas, organização, dependendo do negócio, os uniformes podem ser a principal forma do cliente reconhecer os colaboradores, dentre outras vantagens.

Além de transmitir seriedade para os clientes, os uniformes personalizados ajudam a manter a empresa organizada e, em alguns casos, até a segurança do time, sendo mais fácil a identificação de quem trabalha na empresa.

Contudo, na hora de encontrar o uniforme ideal, é comum que as pessoas responsáveis fiquem confusas no momento de escolher o melhor material, a melhor técnica para estampar, a estamparia que entrega mais rápido, com qualidade e menor preço… são diversos pontos!

Mas, vamos começar pelo começo. Antes de se desesperar, confira estas dicas que separamos para você!

Possuir uma boa identidade visual corporativa é essencial para que a empresa seja lembrada e reconhecida no mercado. Uma das formas mais simples e funcionais de garantir uma padronização da imagem de marca, é através de uniformes personalizados.

Defina a necessidade da empresa

O primeiro passo para encontrar o uniforme personalizado ideal, é saber quais são as necessidades da sua empresa. Como assim? Simples! Dependendo do tipo de trabalho exercido pelo colaborador, será preciso de um estilo diferente de roupa.

Exemplos extremamente opostos: funcionários que trabalham em um restaurante, usam roupas totalmente diferentes dos que trabalham em fábricas.

Tudo dependerá de qual setor pertence o seu negócio. Então, é preciso considerar alguns pontos, como:

  • o tecido que oferece mais segurança para o trabalhador;
  • o conforto oferecido pelos uniformes personalizados;
  • a versatilidade que eles podem oferecer;
  • a padronização da marca.

Como identificar a personalidade da sua marca?

Após definir quais as necessidades do seu negócio e dos seus funcionários, é preciso identificar qual a personalidade da sua marca. Busque saber se a sua marca transmite uma imagem mais séria e tradicional ou se a ideia dela é ser mais moderna e jovem.

Caso você deseje criar um uniforme diferente para cada setor da empresa, não esqueça de manter o padrão da marca e entre os setores também vale. Assim, qualquer pessoa poderá saber que aquele é seu funcionário e em que time ele atua.

Neste momento, é a hora de decidir também entre modelos, tecidos e cores para os uniformes personalizados. Saiba mais sobre cada quesito a ser analisado!

Modelo dos uniformes personalizados

Lembra que falamos para descobrir a personalidade da empresa? Ao encontrá-la, o próximo passo é decidir o modelo que mais se encaixa no seu perfil.

Se está na dúvida, pode seguir pela lógica mais básica: em um ambiente mais formal, o ideal é o uso de camisas sociais. Empresas mais despojadas, já permitem que seus funcionários utilizem camisetas mais informais.

Paleta de cores

É essencial que as cores estejam relacionadas à identidade visual da sua marca. É importante que haja um equilíbrio no conjunto completo da obra, evitando combinações que chamem muita atenção, a não ser que faça parte da personalidade do seu negócio ser chamativo.

Também existe a possibilidade de personalizar os uniformes dos seus colaboradores com desenhos, frases, logo da marca ou até os nomes dos funcionários e suas funções.

Técnica da estamparia escolhida

Dentre as técnicas mais utilizadas de estamparia e que cabem bem na produção de uniformes personalizados, podemos destacar o Silk Digital, a Sublimação, o Silk Screen (também conhecido como Serigrafia) e o Bordado.

A diferença entre as técnicas está no custo delas, na qualidade final do produto, na durabilidade da peça e no ritmo de entrega, já que cada técnica pode ou não limitar o pedido mínimo de uniformes personalizados.

Tecido utilizado

A escolha do tecido é um dos pontos mais importantes quando você está planejando os uniformes personalizados do seu time e deve ser feita, como já falamos neste post, conforme a área de atuação da sua marca e as necessidades dos funcionários.
Os seus trabalhadores realizam atividades intensas e pesadas ou estão expostos ao frio? Se for a segunda opção, prefira os tecidos grossos e resistentes, que protegem a pele do trabalhador. Agora, caso eles estejam expostos ao calor intenso, o indicado é escolher tecidos leves e que permitam a pele respirar melhor.

Possuir uma boa identidade visual corporativa é essencial para que a empresa seja lembrada e reconhecida no mercado. Uma das formas mais simples e funcionais de garantir uma padronização da imagem de marca, é através de uniformes personalizados.

 

Encontre um bom fornecedor para os seus uniformes personalizados

Por último, mas não menos importante, é necessário encontrar um bom fornecedor para produzir seus uniformes personalizados. Vale tudo: pesquisar na Internet, procurar recomendações…

O importante é encontrar um fornecedor que seja especializado na área, ofereça prazos de entrega bons e preços justos.

A vantagem é que, escolhendo uma empresa experiente no ramo, você não precisará contratar os serviços de um designer — o que, sem dúvida, resultará em uma excelente economia para o seu bolso. Anote essas dicas!

Vai perder a oportunidade de vestir seus funcionários com uniformes de qualidade?

Tem alguma dúvida? Curta já a nossa página no Facebook e fale com a gente.

Não deixe de assinar a nossa newsletter também!