Estamparia: conheça os prós e contras de cada técnica

Tempo de leitura: 4 minutos

Se você trabalha com vestuário, já deve ter notado a importância de oferecer um produto de qualidade e diferenciado para os seus clientes. Isso porque, com uma peça original, fica muito mais fácil fidelizar os seus consumidores e ser reconhecido no mercado.

Atualmente, a confecção de camisetas personalizadas tem sido uma excelente alternativa para quem deseja agradar os mais variados públicos. Mas afinal, você sabe como escolher a melhor técnica de estamparia para o seu negócio? Neste momento, será preciso considerar alguns fatores importantes, como a qualidade, durabilidade e nitidez da imagem sobre o tecido.

Quer descobrir todos os detalhes sobre o assunto? Neste post, mostraremos a você os prós e contras de cada técnica. Confira!

Serigrafia

A serigrafia é um dos procedimentos mais conhecidos quando o assunto é impressão de estampas. Chamada por muitos como silk screen, a técnica utiliza telas especiais com o recorte específico para cada desenho que você deseja estampar. Na aplicação da imagem, o tecido é colocado em uma prancha e, em seguida, o pigmento é espelhado pela superfície.

Para cada cor presente na estampa, é necessária a utilização de uma tela diferente. Infelizmente, esse detalhe faz com que o processo seja mais demorado e com valor elevado.

A vantagem, é que o material possui uma excelente qualidade e resistência. Além disso, a gravação pode ser feita em tonalidades vivas, metalizadas ou fluorescentes, seja em tecidos claros ou escuros.

Transfer

O transfer consiste em transferir uma imagem do papel para o tecido da camiseta ou qualquer outra peça da sua preferência. Aqui, o processo é realizado por meio de uma prensa térmica aquecida. Com a imagem já digitalizada em um papel especial para essa técnica, o tecido é colocado na máquina e, ao entrar em contato com o calor, a tinta é liberada e gravada na peça.

Tal procedimento é rápido, prático, oferece baixo custo e a imagem pode ser estampada em várias cores e tamanhos. A técnica é mais indicada para tecidos produzidos em algodão e deve ser evitada em peças escuras. Para essas situações, é recomendada a opção do Transfer WOW exclusivo para impressoras a laser.

Um dos pontos negativos, é que após a aplicação, o tecido tende a ficar espesso na região estampada, deixando o material mais quente e menos confortável que as outras opções.

Sublimação

Seguindo a mesma linha do transfer, a sublimação pode transferir qualquer figura para o tecido. A diferença, é que este processo não faz uso de telas e o desenho é impresso em um papel específico e com tinta sublimática. Então, a imagem, junto com a camiseta, é prensada em alta temperatura fazendo com que o pigmento penetre na fibra do tecido.

A vantagem, é que o resultado é muito mais nítido, repleto de detalhes, sem a limitação de cores, oferece longa durabilidade e o ritmo de produção é ágil.

Por outro lado, o método não se encaixa muito bem em tecidos escuros, já que não há tinta branca para esse procedimento. Outra desvantagem, é que a sublimação só é indicada para peças produzidas em tecidos sintéticos, como o poliéster.

Silk digital

Esta é a técnica mais moderna da atualidade. Com o silk digital, você terá mais facilidade e uma excelente qualidade para as suas estampas. Ao contrário dos demais, neste procedimento a imagem é aplicada diretamente na camiseta, através de uma impressora com tinta a jato, como se o tecido fosse a própria folha de papel.

Todo o processo é feito de forma digital desde a preparação do desenho ao acabamento da estampa. O atrativo dessa opção, é que você poderá estampar peças em diferentes tonalidades, além de criar imagens nos mais variados tamanhos e cores, como o dourado e prateado.

O recomendado, é que sejam utilizadas peças 100% algodão, para que a qualidade da imagem seja ainda melhor. Inclusive, é uma das técnicas mais duráveis, em relação ao desgaste da imagem. A única desvantagem é que o procedimento é o mais caro quando comparado aos outros métodos.

E então, qual dessas técnicas de estamparia mais chamou a sua atenção? Para continuar por dentro de mais dicas como estas, curta já a nossa página no Facebook e acompanhe as notícias!